Como ajudar um amigo que tem depressão #17

amigos.gif

Essa semana, já tivemos uma conversa sobre suicídio. Nesse post, falei um pouquinho sobre como é assustador que quase todo mundo conheça pelo menos uma pessoa que cogitou tirar a própria vida e isso me fez pensar um pouco sobre as pessoas ao meu redor que já passaram por esse tipo de situação. Infelizmente, são muitas. Por isso, sei como é assustadora a sensação de impotência quando alguém que você ama tem depressão.

É difícil entender como ajudar a pessoa a sair daquilo e, inevitavelmente, você vai assumir parte da culpa. Na nossa cabeça, o amor e o carinho deveriam curar tudo. Sendo assim, você tem uma certa responsabilidade por não ter conseguindo demonstrar que estava ali e que aquele não era o caminho. Se você tivesse deixado claro que era possível achar outras soluções, a pessoa nunca teria feito isso.

Mas não é bem assim que as coisas funcionam. Não temos esse poder mágico que costumamos acreditar ter. É impossível resolver os problemas de todo mundo, especialmente quando é algo tão complexo quanto uma questão mental. A depressão não é resultado da falta de demonstrações de amor. No entanto, isso não quer dizer que você não pode ajudar.

Por isso, resolvi falar sobre algumas coisas simples que podem facilitar esse processo que, acredite, é sempre complicado. Quero deixar claro que nada disso é científico. Não há nenhuma comprovação de que isso dá certo e, de novo, não é assim que se “cura” depressão. Meu único objetivo é falar sobre o seu papel como amigo e te ajudar a estar ao lado da pessoa.

1) Aconselhe seu amigo a procurar ajuda profissional: Esse é o passo principal. Você não pode curar ninguém, mas um psicólogo pode ser a chave para o processo. Deixe claro que não há nada de errado com precisar de ajuda e que isso não é motivo para se envergonhar.

2) Pergunte a ele o que fazer: Outro passo muito importante. A depressão se manifesta de formas diversas. Algumas pessoas simplesmente não conseguem falar sobre por que estão se sentindo mal e preferem conversar sobre um outro assunto para se distrair. Outras gostam de destrinchar o que está acontecendo para entender a razão. Todas as formas são válidas, mas não dá pra adivinhar. Por isso, basta perguntar a pessoa se ela quer falar sobre o assunto. Caso a resposta seja negativa, conversa sobre algo que ela gosta, fala curiosidades aleatórias, inventa algo. Não tem mistério.

3) Seja compreensivo: Às vezes, as pessoas com depressão ficam tristes sem nenhuma razão aparente ou não conseguem sair de casa e desmarcam com você em cima da hora. Outras vezes, elas se isolam num canto sem dizer nada. Saiba que não é pessoal. Não é por sua causa nem é uma ofensa. Acontece. Ofereça um ombro amigo e esteja preparado para mudar de planos de vez em quando. Tenha empatia.

Não posso mentir: As vezes, é cansativo. No entanto, se é pesado para você que só está aguentando parte do fardo, imagina pra quem convive com ele o tempo inteiro? Não é nenhum parque de diversões.

A culpa não é sua. Você não pode salvar a pessoa, essa não é sua obrigação e muito menos algo que deve estar nas suas mãos. Mantenha essas coisas em mente. Seu papel é de amigo, não de herói e, para quem está passando por isso, essa função é muito mais válida que qualquer ato de heroísmo. Acredite.

Anúncios

Um comentário sobre “Como ajudar um amigo que tem depressão #17

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s