Minhas metas para 2018

dias melhores virão

“Dias melhores virão”

Eu sou A Doida das Listas. Com letras maiúsculas e bastante destaque porque é um título que carrego com orgulho e que faço por merecer: faço listas em todas as situações possíveis (e nas impossíveis também). Por isso, não deve ser surpresa pra ninguém que eu adoro uma boa listinha de metas de ano novo. Sou fissurada por essa tradição e, como boa virginiana, adoro ir riscando cada um dos itens.

Há uns anos, abandonei a mania de utilizar esse tipo de lista como uma enumeração de sonhos mirabolantes e passei a focar bem mais em objetivos concretos. Até agora, tem dado bastante certo. Das minhas metas do ano passado, só duas ficaram faltando e estou disposta a tirar o tempo perdido e completá-las agora.

Por isso (e para aumentar a humilhação, caso eu não a cumpra), resolvi compartilhar a lista deste ano por aqui.

1) Ler 60 livros e assistir 60 filmes: Como consegui bater a meta de 50 livros e 50 filmes em 2017, resolvi aumentá-la um pouquinho para tornar as coisas mais desafiadoras. Além disso, quero me arriscar em obras mais diferentes, conhecer mais escritoras/diretoras mulheres e consumir mais conteúdo independente. E, claro, mantenho a meta de 2017: fazer o máximo possível de resenhas.

2) Comprar um carro: Essa é a minha maior meta, sem dúvidas. Ainda nem tirei a carteira (se tudo correr bem, tirarei nessa semana), mas já sonho demais com meu carrinho. Baby drive versão 2018 vem aí!

3) Publicar alguma coisa (e escrever mais que nunca): Estou reaproveitando essa meta com um pouco de vergonha de admitir que foi uma das que não consegui realizar no ano passado. Além de querer publicar um livro/conto/qualquer coisa do tipo, quero publicar pelo menos dois artigos acadêmicos para me aproximar da possibilidade de entrar no Mestrado.

4) Fazer mais trabalhos manuais: Essa foi outra meta que só cumpri mais ou menos em 2017 e que quero cumprir direito agora. Adoro ver mil tutoriais e idealizar mil projetos, mas raramente coloco em prática, então quero que isso mude neste ano.

É claro que tenho outras metas aleatórias como continuar na terapia, comprar mais plantinhas e usar meu planner novo durante o ano inteiro, mas acredito que essas quatro resumem o principal.

Então, é isso: ano que vem eu volto para contar se cheguei pelo menos perto dessa lista.

Que 2018 seja incrível!

Anúncios

Um comentário sobre “Minhas metas para 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s